Um negócio moderno precisa ser digital, não importa o segmento ou tamanho da empresa. E esse conceito vai muito além de apenas estar presente na internet: todas as suas atividades são regidas pela tecnologia.

Software como ERPs (Enterprise Resource Planning), CRMs (Customer Relationship Management) e de Bancos de Dados são essenciais para o funcionamento da companhia. Mas, para trocar informações e colaborar entre si, precisam de integração via API (Application Programming Interface).   

Por meio das APIs as soluções podem se comunicar umas com as outras sem a intervenção dos usuários.

Já deu para perceber a importância da utilização das APIs pela TI (Tecnologia da Informação) das empresas. Mas muitos gestores dessa área acabam se confundindo quando é hora de buscar um parceiro que realize esse tipo de serviço. Qual a melhor opção: um hub de integração ou uma plataforma de integração via API?

Confira neste post as diferenças entre eles e faça a melhor escolha para sua empresa.

1 – O que é um hub de integração?

Em primeiro lugar é importante explicar que os hubs de integração são voltados para quem deseja comercializar seus produtos via marketplace. Eles são encarregados de vincular a empresa à diversos marketplaces, centralizando a gestão das informações em uma só ferramenta.   

Todas essas conexões são realizadas por meio de integrações via API. Nesse caso, são utilizadas apenas para facilitar o acesso dos lojistas ao sistema da empresa de marketplace.

 2- Quando escolher um hub de integração?

Se a necessidade atual da sua companhia é utilizar um marketplace para vender online um hub de integração pode ser uma opção de escolha.

Eles também são capazes de controlar os processos ligados às vendas virtuais como logística, finanças, contabilidade e atendimento ao cliente. Automatizam a operação ao integrar os sistemas usados pela sua empresa aos marketplaces.

Mas, se sua empresa não deseja aumentar as vendas somente via marketplace, esse modelo não é o ideal.

3- Como funciona uma plataforma de integração via API?

Uma plataforma de integração é uma oferta dedicada a reunir APIs que se conectam com outros sistemas de mercado como ERPs, CRMs, BI (Business Intelligence), entre outros. Sua adoção faz uma abordagem mais inteligente para empresas que atuam em qualquer tipo de segmento, não somente em negócios baseado em vendas.

4- Quando escolher uma plataforma de integração via API?

Se você tem dificuldades de fazer os sistemas da empresa ‘conversarem’, usar uma plataforma que realiza interações utilizando APIs é a escolha ideal. Elas podem ser utilizadas por qualquer tipo de empresa. Não importa se os software são legados, de mercado, desenvolvidos internamente, estão no seu servidor ou na nuvem.  

Cada API pode ser personalizada de acordo com as regras do seu negócio, garantindo um processo eficaz de automatização. E como na maioria dos casos não é necessário criar as APIs do zero, os custos com desenvolvimento caem drasticamente. Dessa maneira, a equipe de TI é liberada para focar em assuntos e projetos mais estratégicos.     

5- Vantagens de uma plataforma de integração via API

1- Você viu que, se seu objetivo não é a entrar só no marketplace, certamente a melhor opção será uma plataforma de integração via API. Confira abaixo, sete vantagens que sua empresa vai ter com utilização deste tipo de serviço:1- Redução de esforço: Reduzir o esforço de administrar, supervisionar e realizar a manutenção das APIs. A plataforma reúne, em um único dashboard todas as API’s implantadas e criadas, simplificando o gerenciamento;

2- Integração de aplicações em cloud: Sua empresa com certeza utiliza aplicativos em nuvem. Mas eles são integrados ao seu ambiente corporativo? Quando o assunto é conectá-los, as APIs são o caminho mais curto e efetivo. São construídas a partir da tecnologia Enterprise Service Bus (ESB), que não entra em conflito ou atrapalha o desempenho dos firewalls utilizados;

3- Conexão de sistemas diferentes: Muitas vezes alguns módulos específicos do ERP adotado são satisfazem os setores da empresa. A solução então é utilizar software de outros fornecedores que atendam os requisitos específicos ou mesmo desenvolvê-los dentro de casa. Como então juntar essa colcha de retalhos e transformá-la em um ambiente que traga vantagens competitivas? Com a integração via API, a TI conecta todos os sistemas utilizados;

4- Acesso à dados legados: Um grande problema em empresas, principalmente as mais antigas, é o acesso aos dados armazenados em bancos de dados e outras plataformas obsoletas. Esses legados podem ser integrados aos sistemas atuais por meio de APIs específicas.
Criadas  a partir de interações já existentes na plataforma, a extração é realizada sem dores de cabeça. Elas utilizam a lógica de negócios, os métodos e fluxos de trabalho que a equipe já conhece, obtendo sucesso;

5- Alteração de APIs existentes: Caso seja necessário integrar outras plataformas que não tenham APIs disponíveis, sua equipe de TI pode utilizar as informações disponíveis em APIs existentes para criar fluxos de integrações personalizados. Assim os dados são tratados dentro da plataforma de integração e aplicados corretamente em outro software. (Apenas modificando o código para atender a nova necessidade). O recurso é acessível com apenas o clique de alguns botões.
O benefício: Não é necessário começar o projeto do zero, economizando o tempo do time e aproveitando melhor a plataformas;

6- Suporte: Um provedor de plataforma de integração de APIs conta com um time interno de especialistas à disposição da sua empresa. O suporte pode ser acionado quando necessário, contribuindo para garantir o aproveitamento todas as suas APIs e outros investimentos em tecnologia;

7- Preparação para o futuro: Big data, blockchain, inteligência artificial, machine learning e Internet das Coisas — essas são algumas das tecnologias que já estão transformando hoje as empresas, preparando-as para um futuro mais próximo e conectado a consumidor. A utilização de uma plataforma de integração via API é o passaporte que vai permitir que sua companhia desfrute todas as vantagens da transformação digital. Somente ela conectará essas aplicações disruptivas ao ambiente de negócios.   

Avalie seu modelo e escolha a melhor opção para seu negócios. E continue lendo o Blog do LinkApi para saber mais sobre integração via APIs e como uma plataforma é capaz de fazer uma gestão centralizada e trazer mais inteligência ao seu negócio.

 

Inscreva-se na nossa Newsletter

Fique por dentro das novidades e melhores práticas sobre Integrações do mercado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também vai se interessar
Leia Mais

A anatomia de uma API RESTful

Saiba em detalhes o que é uma API RESTful e como utilizar essa tecnologia em seus projetos e negócio, nesse primeiro post de uma série completa sobre o assunto.