O setor varejista deixou o modelo tradicional das lojas físicas, onde as pessoas perdem horas fazendo suas compras, para ganhar também o mundo virtual em lojas virtuais cada vez mais modernas e inovadoras. Graças à tecnologia, consumidores do Brasil podem adquirir um produto de qualquer lugar do mundo sem sequer sair de casa, por meio de um e-commerce.

Além da facilidade para quem compra, essa tecnologia também trouxe benefícios para quem vende. Qualquer empresa já pode testar a viabilidade do seu negócio e produtos sem comprometer o seu capital.

Reunimos neste post, 5 nomes que estão utilizando a tecnologia e metodologias inovadoras para revolucionar o setor varejista:

1. Enjoei

A plataforma Enjoei.com criou um modelo revolucionário de marketplace para o setor varejista, por meio da revenda de roupas, sapatos e itens usados.

Com mais de dois milhões de usuários desde 2009, a startup transformou algo simples — o conceito de brechó — em um negócio inovador, que permite que o comprador realize uma compra segura e o vendedor lucre cerca de 80% com a venda. O restante fica como comissão para o site.

2. Instacart

Considerada uma das startups mais promissoras dos EUA em 2015, a Instacart permite que os consumidores realizem suas compras nas maiores redes de supermercado estado unidenses e recebam os produtos em menos de duas horas.

Com um valuation de US$ 2 bilhões, a empresa atua com o slogan “A melhor maneira para fazer suas compras”.

Seu principal diferencial é permitir que um personal shopper vá até as lojas e compre os produtos em tempo real, ainda frescos, com um custo de frete de apenas US$ 3,99 a 5,99. Valor até 20% menor do que um cliente gastaria indo fisicamente ao supermercado. Afinal, o seu tempo vale muito, não?

3. Mona

Aproveitando-se do poder do mobile, ex-funcionários da Amazon desenvolveram um aplicativo baseado em inteligência artificial para auxiliar clientes a comprarem roupas, de acordo com certas preferências como preço, cores, marca e estilo.

O Mona é um assistente de compras que mostra os melhores itens para criar um guarda-roupa conciso, sem que o consumidor tenha que recorrer a um personal stylist ou consultor de imagem.

Tudo é feito virtualmente e quanto maior for a interação do usuário com o aplicativo, mais ele oferece sugestões que tenham a ver com o seu gosto e estilo de vida.

4. Hiper

A startup Hiper surgiu para facilitar a vida de empreendedores que estão abrindo a sua própria loja física. O sistema não apenas escolhe o melhor ponto de venda, como ajuda na escolha do estoque, compra de equipamentos, contratação de equipes e até em algumas questões burocráticas — como emissão de nota fiscal, tributação e contas a pagar. Tudo na mão, né?

Já conta com mais de 7 mil lojas do setor varejista beneficiadas, o sistema também permite a automatização de toda a loja para que o empreendedor administre e controle seu negócio através de um smartphone ou computador.

5. Virtual Gate

Através do monitoramento eletrônico, a Virtual Gate atende o setor varejista de todo o país com soluções para gestão de fluxo dos consumidores e taxa de conversão desses negócios.

O objetivo não é apenas monitorar diariamente os pontos de venda, mas transformar os dados e imagens em indicadores, que aumentem o desempenho das equipes e a qualidade do atendimento, além de corrigir problemas e garantir a segurança de dados das empresas.

Gostou do artigo? Precisa de ajuda para otimizar a gestão de seu e-commerce? Quer utilizar metodologias inovadoras em seu negócio? Fale com o LinkApi!

 

Inscreva-se na nossa Newsletter

Fique por dentro das novidades e melhores práticas sobre Integrações do mercado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também vai se interessar
sistema ERP
Leia Mais

Vantagens de um sistema ERP

Post escrito por Tiny ERP: Dentro dos métodos de gestão de uma empresa, há ferramentas que auxiliam na gestão. Entenda as vantagens de um sistema ERP para a sua empresa.